31 de mai de 2012

Look do dia..


                   moda.

Moda é a tendência de consumo da atualidade. A palavra moda significa costume e provém do latim modus. É o que está em evidência em um determinado período. Vale ressaltar que abrange desde o vestuário até o modo de agir das pessoas. Neste post, vou ensinar para vocês como se vestir bem, e alguns truques de moda também. Espero que gostem.

Como usar: botas!


Ankle boots
 
Definitivamente, são a estrela deste inverno. O legal da ankle boot é que a gente fica superfeminina. As ankle boots ficam lindas com calça jeans, saias, vestidos curtos... é pra usar o ano todo, mesmo! Melhores combinações: 
- Ankle boots + minishort 
- Ankle boots + vestidinho de tecido mais leve 
- Ankle boot + calça skinny 
- Ankle boot + meia-calça 

Botas montaria
São de cano alto, com salto pequeno (ou sem nenhum) e frente arredondada, parecida com sapato masculino. Pra fugir do padrão das calças skinny, aqui vão algumas combinações perfect! Combinações:

- Bota cano alto + short alfaiataria + meia calça 
- Bota cano alto + vestido no joelho 
- Bota cano alto + legging 

Botas over-knees 
São aquelas botas que ficam pra cima do joelho. 
- Se usar vestido ou saia, mostre um pouquinho das pernas ou cubra o início da bota. 
- Proibido para as baixinhas ou meninas com coxas muito grossas 
- São bem sensuais, então melhor pegar bem leve no resto do look.

Como usar suas roupas de verao durante o inverno..



O inverno chegou? Isso não quer dizer que a partir de agora você só deve se vestir de calça jeans e casacos. Suas peças de verão, como shortinhos, saias, vestidos e até mesmo as blusinhas, com alguns acessórios, podem montar um look superestiloso para você arrasar e continuar bem quentinha.
Os desfiles de inverno mostraram muitos vestidinhos, saias e microshorts. Para não morrer de frio, o segredo é usá-los com uma meia-calça bem grossa por baixo. O legal é que com essa moda de meias-calças coloridas e estampadas, você pode combinar a meia com a roupa e dar uma ousada no visual. Além da meia-calça, a legging colorida ou a wet legging também são armas poderosas para reciclar as roupas de verão.
Para usar as blusinhas de tecidos mais leves ou sem manga, você pode colocar um cachecol ou lenço no pescoço, fica muito estiloso! Uma jaquetinha por cima cai bem, arrematando o look.
A mais nova tendência dos anos 80 que está voltando para os pés das modelos nas passarelas é a meia soquete com sandália. Então se joga!

Diferentes tipos de meia-calca..


Coloridas
A meia-calça colorida dá um toque divertido e moderno ao visu. Você pode optar pelas cores escuras que são mais fáceis de combinar ou usar uma cor mais chamativa como rosa pink, laranja, roxo... só tome cuidado, pois as peças de roupa devem ser de tons neutros.

Xadrez
O xadrez é a estampa do momento e as meias-calças não ficaram de fora dessa moda. Existem vários tons: preto, azul, vermelho...é só escolher a sua preferida! Dica: sempre que escolher meias-calças chamativas, selecione peças escuras ou neutras nas roupas e acessórios. Quem tem a perna grossa deve tomar cuidado.

Estampas
As estampas são superdivertidas e surgem em vários estilos. Ficam lindas se usadas com saltão (ajuda a alongar) ou até mesmo com sapatilhas. Que tal deixar de lado aquela meia preta e apostar nas estampas? Você vai amar o resultado!

Rendada
Elas são as mais femininas e ficam lindas com várias peças diferentes. Que tal colocar aquele vestidinho preto e dar um up no visu com as meias rendadas? Elas podem ser usadas com botas, sapatos de salto, sapatilhas.

moda para cheinhas..
Estampas
Quem é mais cheinha deve evitar estampas grandes - prefira as pequenas que alongam a silhueta. Também é bom usar listras sempre na vertical! Uma dica legal pra quem gosta de estampas e quer disfarçar a barriguinha é usar uma blusa escura e apostar na saia estampada. Assim, você muda o foco para a parte de baixo.
Cores
Todo mundo sabe que o preto é um ótimo amigo pra esconder as gordurinhas. Mas não é por isso que você deve usar black o tempo todo. É só saber escolher as cores certas! Azul-marinho, roxo e marrom também são boas opções para manter o efeito da cor preta, mas que dão um up no visu. 
Decotes e cortes
Na hora de escolher o decote, é bom optar pelo decote em “V”, pois destaca a região do colo. Tomara-que-caia e decote canoa são opções TDB para as cheinhas. Já em relação aos vestidos e saias, tente escolher os que não ficam muito justos. Escolha os que apertam na cintura e abrem embaixo. São chamados cortes “A”, que ajudam a diminuir o quadril.
Fique ligada: usar roupas soltinhas e de tecidos leves são melhores do que usar malhas. Calças jeans skinny não ficam legais, então procure usar as mais retas.

Qual seu estilo?
Clássico, básico, rocker, paty, esportivo, gótico, moderno, ousada, romântica ou hippie? São muitos. Conte-nos sobre seus estilos preferidos.








Sobrancelhas..

1 - Respeite o traçado inicial da sobrancelha, para não ficar com uma aparência artificial;

2 - Antes de iniciar a retirada dos pelos, penteie a sobrancelha no sentido do crescimento com rímel incolor, assim você saberá quais estão fora do desenho e que precisam ser retiradas;

3 - As formas corretas de retirar os pelos são: inicie um pouco antes do canto interior dos olhos e termine no fim da diagonal traçada a partir do canto externo das narinas. O ideal é utilizar um lápis para guiar os traços;


4 - A sobrancelha deve ser arqueada através da medida com o uso de um lápis partindo do canto externo do nariz e passando pelo canto externo da íris;



5 - Não tente criar um arco muito acentuado, lembre-se de respeitar ao máximo o desenho natural da sobrancelha;

6 - Os pelos entre os olhos e na testa devem ser retirados;

7 - Os pelos devem sempre ser puxados no sentido do seu crescimento, assim evita o risco de encravar;

8 - Para não correr o risco de tirar mais de um pelo de uma vez use sempre pinças novas e do modelo de ponta agulha;

9 - Uma dica: uma sobrancelha nunca é igual a outra, com isso você pode evitar falhas e nunca tente deixá-las identicas;

10 - Os pelos muito longos devem ser aparados com o uso de uma tesourinha;



11 - Para não ter erro, escove as sobrancelhas para cima e corte as que estiverem maiores que o resto e fora do desenho da sobrancelha, depois escove para baixo e faça o mesmo procedimento;

12 - Quando uma sobrancelha possui falhas a dica é procurar um designer de sobrancelhas, pois ele poderá fazer um novo desenho, uma maquiagem ou tintura;

13 - Caso tenha falhas uma dica para amenizar é usar um lápis para o preenchimento na cor mais próxima da sobrancelha;

14 - Se retirar demais a sobrancelha a única solução é deixá-la crescer;

15 - A posição ideal para fazer a sua sobrancelha é sentada, com os braços apoiados, com o espelho em frente na mesma altura do rosto e uma boa iluminação.

Abaixo separamos uma imagem que pode auxiliar vocês na maneira correta de fazer a retirada dos pelos, vejam...




Maquiagem..

1.Base
Coloque um pouco de base nas costas da mão e molhe apenas a ponta das cerdas. Espalhe na parte central do rosto (nariz, queixo, bochechas), puxando sempre o produto para as laterais e dando batidas com o pincel para a cobertura ficar mais uniforme. Depois, passe nas outras regiões, com movimentos contínuos do centro para as extremidades do rosto, para espalhar bem o produto. A pele fica com um efeito aveludado.

2. Corretivo
Passe corretivo nas olheiras, abas do nariz, em volta da boca e no arco da sobrancelha. Dê leves batidinhas com o pincel até deixar uma camada fina do produto – assim seu rosto não vai ficar com manchas desiguais do produto.

3. Pó
Com movimentos de vai e vem, passe o pincel na zona T do rosto – o centro da testa, as laterais do nariz, sob os olhos e o centro do queixo são lugares que sempre pedem uma aplicação de pó para disfarçar a oleosidade. Para não errar na dose, encoste o pincel no pó, dê uma batidinha na mão ou assopre de leve para tirar o excesso.,

4. Blush
Passe o pincel partindo das maçãs do rosto (dar um sorrisinho ajuda a encontrar o local certo) em direção às orelhas. Se quiser um look estilo boneca, faça movimentos circulares nas maçãs do rosto. Para o make ficar mais natural, retire o excesso de produto do pincel com um sopro, antes de aplicar.

5. Sombra
Como fiz o produto mas não dá muita definição, é ideal para passar a primeira camada de sombra. Na hora de aplicar uma sombra escura, use as bordas do pincel para sombrear o côncavo dos olhos e suavizar o make.
Esfumando
Faça movimentos curtos e leves de vaivém, para deixar a sombra bem natural.

6. Delineador
Desenhe uma linha com lápis da mesma cor do seu delineador rente aos cílios. Depois, cubra o traço com o pincel. Para delinear, umedeça a ponta do pincel chanfrado, passe na sombra e faça um traço grosso rente aos cílios. Use a versão com cerdas cortadas na diagonal para puxar o traço de sombra para o canto externo dos olhos.

7. Batom
Passe o pincel mais fino no batom, desenhe primeiro o V no lábio superior, faça um traço no meio do contorno dos lábios inferiores e então vá contornando a linha dos lábios em direção às extremidades, em cima e embaixo. Com o pincel mais grosso, preencha os lábios.

Livre-se das espinhas..
 
1. O problema:
Uma espinha enorme, bem no dia D. Dia daquela festa, do casamento, da entrevista de emprego. Não há mais dúvida de que acne não é só coisa de adolescente. Mulheres e homens adultos também têm. Um estudo publicado no Journal of the American Academy of Dermatology descobriu que, dos 20 aos 29 anos, 50,9% das mulheres sofrem com cravos e espinhas. Ela pode ser do tipo persistente, que resiste desde a adolescência, ou então do tipo surpresa, que surge do nada. Desvantagem extra - em adultos o tratamento costuma ser mais difícil.

2. Os porquês da acne
Em qualquer idade, cravos e espinhas, em seus mais variados graus, são resultado de uma receita certa: um espessamento da camada mais superficial da pele, que entope os poros; glândulas sebáceas que produzem óleo em excesso; e bactérias que encontram nos poros entupidos e cheios de sebo o ambiente ideal para proliferar-se. É como um vulcão prestes a explodir. 

Aí você pergunta: por que justo comigo e não com a Juliana Paes? 
> Pode ser predisposição genética. Um estudo mostrou que pelo menos a metade dos que sofrem com acne têm um parente de primeiro grau que também teve a doença. 
> Junte a isso as flutuações hormonais, comuns nas mulheres. Não é à toa que geralmente as espinhas aparecem uma vez por mês, quase sempre entre a ovulação e a menstruação. 
> E então vem o estresse, um dos principais agravantes da acne. Quando estamos muito cansadas, ansiosas, sem dormir, bebemos ou fumamos demais há a liberação de hormônios específicos - e dá-lhe espinhas. O pior é que o rosto cheio delas causa mais estresse e acaba agravando o quadro. 

3. Onde procurar ajuda
Quase sempre, quem sofre de acne busca alívio na farmácia da esquina, atrás de medicamentos de venda livre. E, acredite, pode dar certo, geralmente para quem sofre de acne branda. Lá, os tops de linha são os produtos à base de substâncias de ação comprovada, mesmo em concentrações seguras de se consumir sem a orientação médica. Estamos falando de peróxido de benzoíla (de ação bactericida), ácido salicílico (que funciona como um esfoliante), enxofre e resorcinol (que, juntos, atuam contra a bactéria da acne e ainda esfoliam levemente). 

Mas, se em seis a oito semanas os produtos lhe parecerem ineficazes, vá logo procurar um dermatologista e buscar um diagnóstico de especialista - e tratamento idem. Quanto mais rápido você agir, menor a chance de ganhar cicatrizes. 

Sabonetes, loções e antibióticos fazem parte do arsenal de cuidados. A ordem é começar com o que há de mais leve para "sentir" a pele do paciente e suas possíveis reações. Mas, hoje, os médicos andam empolgadíssimos com novas e tecnológicas soluções, capazes de, em três ou quatro sessões, deixar para trás os rastros do problema. Se a coisa realmente pegar, será o fim daqueles tratamentos compridos, com resultados a longo prazo - que acabam com a auto-estima de qualquer mulher.

4. Menos açúcar, mais saúde
Um novo estudo, publicado em julho do ano passado no American Journal of Clinical Nutrition, sugeriu que pacientes que seguiram uma dieta com carboidratos de baixo índice glicêmico (pães e massas integrais, frutas, verduras e legumes) tiveram uma redução da acne, em comparação com pacientes que consumiam uma dieta rica em açúcares simples (doces, pães e massas brancos). "Ainda é cedo para conclusões. Mas quando um paciente percebe que comeu alguma coisa e surgiram espinhas, recomendo que retire o tal alimento do cardápio", diz Adriana Leite, dermatologista de São Paulo.

5. O futuro é agora
O aparelhinho aí ao lado está mais para um novo MP3 Player. Mas, na verdade, é a última novidade do mercado americano para combater a acne. Trata-se de um dispositivo para usar em casa. Ele emite energia em freqüência controlada. Ao ser posicionado sobre a espinha por cerca de dois a três minutos, liberaria calor suficiente para destruir as bactérias que causam a inflamação da acne. Tem a aprovação do FDA (o instituto americano que regula alimentos e medicamentos). Ainda não existe no Brasil, mas acredita-se que esse tipo de aparelho represente o futuro dos tratamentos para a pele.


13 dicas para cuidar das unhas..

1. Cuide da alimentação
Inclua no prato carnes, leite e derivados, alimentos que fortalecem as unhas.

2. Evite umidade
Após o banho, enxugue bem as mãos e os pés, prevenindo o aparecimento de micoses.

3. Não tire toda a cutícula
Ela funciona como proteção e impede a infecção por fungos e bactérias. Nada de tirar bife!

4. Tenha seu material
Alicate, lixa, palito e tesoura não devem ser compartilhados.

5. Evite o ressecamento
Use hidratantes à base de ureia, lactato de amônio, d-pantenol e silicone.

6. Use luvas nas tarefas domésticas
Produtos de limpeza acabam com as unhas - um par de luvas de borracha resolve isso.

7. Corte em formato quadrado
Cortando-as retas e quadradas, você evita o encravamento.

8. Use escova para retirar sujeiras
Ao lavar as mãos, escove debaixo das unhas. Evite o uso de palitos, eles podem machucar a região.

9. Não use as unhas como ferramentas
Elas não foram feitas para descascar fitas autocolantes, raspar rótulos de latas ou soltar parafusos. Para isso, há ferramentas específicas.

10. Não roer é o ideal
Não desconte sua ansiedade nas unhas, esse hábito favorece infecções.

11. Previna-se de alergias
Em geral, esmaltes não causam danos às unhas. Mas fique atenta a sintomas como inchaço e dores. Pode ser alergia.

12. Leve lixa na bolsa
No caso de quebra, o melhor a fazer é lixar.

13. Pare de fumar agora!
O cigarro é prejudicial. Deixa as unhas amareladas.

15 dicas para exigir um cabelo de dar inveja..

1. O início de uma lavagem perfeita
Pode parecer esquisito, mas vale - e muito - a pena passar condicionador nas pontas antes de entrar no banho. Isso evita que o xampu resseque os fios, já que o tempo necessário para lavar o couro cabeludo é maior que o das pontas. O creme, portanto, evita o desgaste delas.

2. Nada de banho fervendo!
"A água quente resseca os fios, pois tira toda a oleosidade do couro cabeludo", diz a dermatologista Carolina Ferolla, da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Além disso, a alta temperatura também piora o chamado frizz, aqueles fios arrepiados e mais curtos.

3. Ative o brilho das madeixas
Um ótimo truque para seu cabelo refletir a luz é fazer o último enxágue com água gelada. Ela ajuda a fechar a cutícula dos fios e, por isso, os deixa ainda mais brilhantes

4. Cabelos bonitos como no salão
Sabe qual o segredo da lavagem do cabeleireiro? A massagem. Os profissionais lavam sua cabeça com bastante calma, pois além de retirar toda a sujeira e oleosidade, ainda estimulam a circulação no couro, aumentando a quantidade de nutrientes que vão para as células.

5. Enxágue bem os fiosNão deixe restos de condicionador nas mechas. Em vez de hidratar, deixam a aparência pesada. Faça o teste: após o último enxágue, torça os fios - se a mão deslizar facilmente, molhe-os de novo, até você sentir a textura deles.

6. Não se esqueça do creme para pentear!
Não importa se você tem mechas crespas ou muito lisas - use sempre um creme para pentear, também conhecido como leave-in. "Além de hidratar, ele reduz o volume e protege na escova ou chapinha", diz a dermatologista. Ponha em sua mão a quantidade de leave-in igual ao tamanho de uma moeda de R$ 0,50. Essa é a medida ideal para não ensebar. Lembre-se: não passe na raiz, apenas espalhe no comprimento.

7.A dieta que deixa os fios fortes, macios e brilhantes
Fique sabendo que sua dieta também é responsável pela força das madeixas. "Dê preferência a vegetais verde-escuros, ovos e alimentos com vitamina A e C, como cenoura, fígado, laranja e mexerica", indica a nutricionista Angela Perrone, de São Paulo. Carnes magras, banana, amêndoa e tomate também deixam os cabelos mais macios. Oito copos de água por dia também ajudam. Já os peixes, o leite e seus derivados - por terem cálcio - deixam os fios cintilantes.

8. Massageie a cabeleira com cuidado
Com creme nas palmas, massageie bem a cabelereira de cima para baixo. Esse movimento, segundo o profissional Fernando Modesto, do Depil. K Hair Design, em São Paulo, é conhecido como "enluvamento" e faz com que o produto penetre melhor nos fios. "Ele permite realinhar as fibras e reposicionar a cutícula. Assim, obtemos um resultado perfeito", diz.

9. Dicas para cabelo oleoso
Não se preocupe. Há uma receita genial para dar mais brilho sem aumentar a oleosidade: dilua duas colheres (sopa) de vinagre de maçã em um litro de água. Se quiser, pingue duas gotas do perfume de sua preferência na mistura. Use a mistura nos fios junto com a água do último enxágue. "Para controlar ainda mais a oleosidade, não consuma alimentos gordurosos", sugere a nutricionista.

10. Dicas para cabelo misto
Também dá para resolver! Misture 150 g de argila verde em um copo de água até formar uma mistura homogênea e pastosa. Após lavar, aplique no couro cabeludo. Deixe agir por 15 minutos e enxágue.

11. Dicas para cabelo seco
Bata no liquidificador 1/2 mamão picado, 1/2 abacate bem maduro, uma banana-nanica, um iogurte natural, duas colheres (chá) de óleo de amêndoa, uma ampola de vitamina E e uma colher (sopa) de mel. Uma vez por semana, aplique a "vitamina" da raiz às pontas após lavar a cabeça e massageie de cima para baixo. Deixe agir por meia hora e retire com água morna.

12. Diga sim aos bobes
Eles podem, sim, diminuir volume. O tamanho varia de acordo com o comprimento do cabelo: "Para os mais longos, use um de 6 cm de diâmetro. Para os menores, escolha os de 4 cm", avisa o cabeleireiro.

13. Truques antifrizz
Aparência natural: ao passar chapinha nas pontas, vire o aparelho para fora ou para dentro. Isso evita que elas fiquem espetadas.
Sem arrepiado: tem cabelo crespo? Use difusor acoplado ao secador.
Sem mãos: nada de ficar passando a mão na cabeça. Para baixar fios arrepiados, use creme à base de silicone.
Geladinho: ao terminar a escova ou chapinha, ligue o jato de ar frio do secador para acabar com a eletricidade dele.

14. O corte ideal para o seu tipo de rosto


Oval: aceita qualquer tipo de corte, desde que deixe as feições em evidência. Evite as franjas grossas.
Hexagonal: fique longe de fios curtos, que deixam o rosto mais largo. Não exagere no volume no topo da cabeça.
Triângulo invertido: combina com franjas leves e fios desfiados ou repicados. Não os puxe para trás e evite topete.
Redondo: deixe as mechas com as pontas viradas para o rosto. Prefira fios desfiados e evite cabelo muito curto.
Quadrado: privilegie cortes médios e longos. Prefira repicados, que aumentam o volume no topo da cabeça.
Retangular: boa opção é a franja falsa, com alguns fios desfiados. Evite comprimento abaixo do ombro.

15. A tintura certa
Dependendo da cor da sua pele, alguns tons não devem ser usados. As negras, por exemplo, não combinam com louros brancos, devem escolher tons avermelhados. Descendentes de árabes, que têm cor mais esverdeada, não ficam bem com dourados. Orientais e mestiças não podem usar cores acinzentadas - melhor optar por marrons. Já as bem branquinhas são livres para mechas de todas as cores.



30 de mai de 2012

ENEM 2012


As inscrição iniciaram dia 28. Se inscreva no site do INEP..
Muitas de nós estamos no último ano e o enem é uma das chances de termos um futuro decente, fazer uma boa faculdade, ter um bom trabalho... Sabemos que é cansativo, afinal são 180 questões dos mais variados assuntos, por isso comecem a estudar desde já. Lembrando que as provas do enem já tem data marcada, as provas serão aplicadas nos dias 03 e 04 de novembro. É o seu futuro que está em jogo, você já sabe o que vai fazer?


EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM 2012) mexe com o coração de milhões de estudantes do Brasil. Não é por menos, pois o exame tem uma importância enorme no que diz respeito ao futuro dos estudos do aluno. Será através das inscrições do Enem 2012 que os estudantes concorrerão às vagas em instituições federais através do SiSU, e às bolsas oferecidas pelo Programa Universidade para Todos (PROUNI). Após ganhar um novo formato, o ENEM passou a ter uma importância ainda maior.


TAXAS E OUTROS

A taxa de inscrição para participar do ENEM será de R$ 35,00. Alunos que estão concluindo o ensino médio em escolas públicas são isentos do pagamento. Estudantes carentes concluintes do ensino médio em escolas privadas, e egressos que já concluíram seus estudos, podem preencher uma declaração de carência disponível no sistema de inscrição, para tentarem a isenção da taxa. Os documentos necessários para inscrição do ENEM 2012 incluem RG e CPF, portanto, se você ainda não possui, ainda há tempo de providenciar. Informações como nome completo do candidato, data de nascimento, endereço e CEP, também são necessárias.



SOBRE O ENEM
O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é uma prova criada em 1998 pelo Ministério da Educação (MEC) do Brasil. O Enem vinha sendo utilizado como ferramenta para avaliar a qualidade geral do Ensino Médio no país. Recentemente, o Enem começou a ser utilizado como exame de acesso ao Ensino Superior em universidades públicas brasileiras através do SiSU (Sistema de Seleção Unificada). A prova também é feita por pessoas com interesse em ganhar pontos para o ProUni (Programa Universidade para Todos) e, a partir de 2009, além de servir como certificação de conclusão do Ensino Médio em cursos de Educação de Jovens e Adultos (EJA), antigo supletivo, substituindo o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).


COMECE A ESTUDAR

É aconselhável que você comece a estudar desde já, a prova cobra muito de você e em muitas vezes você será vencida pelo cansaço, por isso estude muito, serão 90 questões no sábado e outras 90 questões + a redação no domingo, estude as matérias que você tem mais dificuldade, comece a estudar agora, não deixe para a última hora, uma boa forma de estudar é fazer as provas dos anos anteriores, faça as provas e depois veja as questões corretas nos gabaritos clique aqui e veja todas as provas já aplicadas.


BONS ESTUDOS!







Franjas..


Você já aderiu essa moda?


Elas nunca saem de moda, podem ser mais comportadas, mais atrevidas e desconectadas, ou até meio timidias com poucos fios aparecendo. As Franjas estão sempre enfeitando o rosto feminino e sem duvida nenhuma muitas delas acabam rejuvenescendo e muito. Porem todo cuidado é pouco franja apenas para cabelos lisos e pesados ou que consiga ao menos domar e manter o formato.

                                            Tipos de franja:
Escolha já a sua.

É o tipo mais tradicional de franja. Remete a um look mais clássico e bem forte. Geralmente, é pouco repicada das pontas, para acentuar o formato geométrico. Combina mais com cortes Chanel, curtos e estruturados ou médios e longos de fios bem retos. Cai melhor em pessoas de rosto oval ou levemente quadrados. Não é recomendada para rostos redondos, pois irá encurtar as formas e acentuar mais ainda as bochechas! Para não ficar com o aspecto “franja de índio”, deve ser cortada de maneira mais leve, separando menos fios e repicando de maneira bem sutil as pontas. 
Ela também cobre a testa assim como a franja reta, mas é cortada de maneira a formar uma suave meia lua em frente à região das sobrancelhas. O formato arredondado é ideal para desviar a atenção dos ângulos marcados de quem tem a região do queixo mais estreita, o que é chamado de rosto em Triângulo Invertido. Além disso, ressalta as maçãs do rosto, justamente a área que costuma ser o ponto forte de quem tem esse tipo de rosto. Outra vantagem é que o formato arredondado facilita diferentes penteados com a franja, sendo colocá-la para o lado ou jogá-la sobre o rosto de maneira displicente. Essa franja não costuma cair muito bem em quem tem o maxilar largo (rosto mais quadrado), pois irá acentuar as formas e o tamanho da região.
Esse tipo de franja é bem moderninho. Ela é cortado de maneira desconexa, desfiada, com fios de tamanho diferentes. Fica melhor em quem tem o rosto oval, que é naturalmente mais proporcional, dando suporte aos fios de tamanho irregular. Mas cuidado se tiver a testa grande. Ela pode parecer maior ainda com esse corte de franja. Mas por este motivo, pode ser uma boa pedida para rosto em formato diamante, mas em versões mais curtinhas, acima da sobrancelha.
Na verdade, todos os tipos de franja podem (e costumam) ser um pouco desfiados nas pontas, para tirar o aspecto rígido e geométrico. Mas você pode optar por cortar a franja focando no desfiado. Tal corte fica bem mais evidente quando a franja é mais curta e está bem na frente da testa. Os fios são cortados basicamente no mesmo comprimento, mas tem suas pontas desfiadas para dar leveza e movimento à franja (e também um visual mais bagunçado, quando desejado). É ótima para quem tem rosto quadrado, pois descontrói um pouco as formas rígidas do rosto, assim como também suaviza o formato dos rostos mais redondos. Porém, quem tem rosto em triângulo invertido, poderá acentuar mais ainda a área “pontuda” do queixo.
  
Os variados tipos de franjas também podem ser usados na diagonal. Quem tem rosto oval pode abusar bastante dessas franjas “de ladinho”, que também são ótimas para alongar rostos redondos e também para suavizar os traços fortes de rostos quadrados (contanto que sejas usadas num comprimento mais longo). Além disso, funcionam muito bem nos rostos com formato diamante, que costumam ter a testa bem mais estreita que as maçãs do rosto. Neste neste caso, franjas laterais desconexas vão dar a ilusão de que a área da testa é um pouco maior, amenizando a largura das maçãs do rosto. Para um caimento mais natural, é recomendado que sejam levemente repicadas nas pontas.
 
Esse é o famoso “franjão“. Difere da franja em diagonal pois a quantidade de cabelo utilizada para compô-la é infinitamente superior. Começa bem atrás da onde uma franja convencional se inicia e é puxada à partir da parte posterior do cabelo e trazida toda à frente do rosto, muitas vezes cobrindo os olhos, criando um aspecto “pesado”. Há um tempo atrás ficou conhecida como “franja emo”, apesar de cortes de cabelo menos estigmatizados, como os mais curtinhos, combinarem bastante com esse estilo de franja. É uma escolha para quem tem muita personalidade e costuma gostar de cortes de cabelos mais modernos e ousados, como o undercut. 
 
É a mais versátil das franjas, pois não gera uma mudança extremamente radical é possível prendê-la até em um rabo-de-cavalo. É indicada para suavizar os traços de rostos mais redondos ou quadrados.
 
Há quem diga que só quem tem cabelo liso pode usar franjas curtas. Não é verdade, as mulheres de cabelo ondulado e cacheados também podem conquistar uma aparência totalmente doce e feminina com uma franja ornando com seus cachinhos e com o formato de seu rosto. O único problema é que vai dar trabalho. Ao cortar a franja, você vira automaticamente uma escrava do secador (a não ser que opte por usar a franja mais ondulada e displicente). E para não criar um contraste muito grande entre a textura natural do seu cabelo e a textura da franja, é mais aconselhável fazer este tipo de corte se a raiz do seu cabelo tender a ser mais lisa do que as pontas.


Eai meninas, que tipo de franja vocês usam? Comentem *-*

 

Dicas para o esmalte durar mais na unha..


Antes de passar o esmalte
 

1. Um dos motivos da pouca durabilidade do esmalte em alguns casos se deve a textura da unha. É que algumas mulheres têm a unha muito lisa, o que dificulta a aderência do esmalte. "O que se deve fazer é lixar a parte de cima da unha com uma lixa grossa, isso faz com que a unha fique mais áspera e assim consiga aderir melhor o esmalte.

2. Deixar resíduos de creme ou óleos hidratantes, muito usados por manicures antes de aplicar o esmalte, também diminuem a aderência. Esses produtos podem ser usados, mas devem ser totalmente retirados das unhas antes de aplicar o esmalte.

3. Se estiver na manicure, pague antes! A hora de colocar a mão na bolsa para pegar a carteira pode ser fatal.




Na hora do esmalte 

4. Escolha marcas boas, aquelas conhecidas do mercado, sabe? E nada de passar esmalte velho. Os esmaltes novos são mais finos, o que faz a durabilidade ser maior.

5. Quanto maior o numero de camadas passadas mais fácil de sair. Especialmente porque nesses casos as pontas são as partes que ficam mais grossas, e a gente sabe muito bem que essas são sempre as primeiras partes a estragar, né?

6. Depois de passar, tire o excesso das pontas das unhas com algodão e removedor, isso evita que ela descasque antes da hora.



Depois do esmalte 


7. Um óleo secante lubrifica a superfície e faz deslizar eventuais objetos que possam esbarrar no esmalte antes de secar.

8. Extra-brilho de secagem rápida é incrível. Faz secar mais rápido e ainda protege o esmalte por mais tempo.

9. Durante a semana, dê uma repassada no extra-brilho, ajuda a retomar a cara de novo.


No dia-a-dia 

10. Será que precisamos dizer que é bom evitar o toque direto das pontas das unhas com outras superfícies? Lavar louça sem luva, não mexer muito com água abundante, principalmente quente... Essas coisas...

11. Tente ficar pelo menos um dia sem esmalte antes de pintar novamente. Dá uma arejada, e unha forte descasca menos, e, se descasca menos faz com que o esmalte dure mais.

Esperamos que com essas dicas, seu esmalte dure pelo menos uma semaninha, né?